Uma história contada a partir de e-mails e receitas deliciosas

A escritora estadunidense Meg Cabot já lançou mais de 60 livros e ficou mundialmente conhecida por sua série O Diário da Princesa, que mais tarde virou filme, com direito a sequência e as talentosíssimas Anne Hathaway e Julie Andrews no elenco. Não é para menos que Meggin Patricia Cabot ou Patricia Cabot, ou ainda Jenny Carroll (seu pseudônimo) sejam sinônimos para a palavra sucesso, principalmente entre o público adolescente.

Por aqui a autora é uma das prediletas pela série: Garotos, composta por três livros (O Garoto da Casa ao Lado, Garoto Encontra Garota e Todo Garoto Tem) que não integram uma continuação, apesar de alguns personagens estarem presentes em mais de uma história. Recentemente, mais um livro foi lançado nos Estados Unidos, mas ainda não existe título em português e data de lançamento para o Brasil. O destaque de hoje é para o leve e gostosinho Garoto Encontra Garota, segundo livro da ‘sequência’.

Kate Mackenzie trabalha no The New York Jornal como assistente da diretora de RH, Amy Jenkis, mais conhecida por TPM (Tirana, Perversa e Maldosa). A chefe ordena que Kate demita a funcionária mais popular e querida da empresa, o que a leva a ser processada pela demissão injusta. E quando todos pensavam que Kate se daria mal o enredo dá uma reviravolta brilhante, e sim, ela encontra o seu amor no tribunal: bonito, sexy, inteligente, espirituoso e todo clichê.

O diferencial dessa publicação para as demais é a construção da narrativa, feita apenas por e-mails, bilhetinhos, páginas de diários, cardápios e receitinhas que dão vontade de fazer em casa. Num primeiro momento, o leitor pode achar estranho, mas se adapta facilmente com a leitura que flui bastante (li em apenas UM dia).

A história e a personagem não agradam muito de início (na verdade, conhecemos muitas pessoas que detestaram o livro), mas essa é a parte mais legal dos gostos pessoais: eles não precisam ser únicos. Ótimo para quando não se quer nada trabalhoso ou uma leitura pesada e tensa, essa é uma boa opção para intercalar  leituras difíceis, para os dias de chuva, os feriadinhos ou aqueles momentos em que apenas queremos melhorar o nosso humor e nos sentirmos leves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *